O tempo é que separa João Azevêdo do Senado

O governador João Azevêdo deixou claro que uma possível candidatura a senador, em 2026, passa pela decisão do seu PSB, mas que neste momento, segundo anotou, “meu nome estará à disposição. Ponto!”.

Pontuou que “isso está decidido, mas isso não será uma imposição”. O governador que não gosta muito de avançar no tempo, tem sido instado a falar sempre sobre os mesmos assuntos. Ora da possível postulação ao Senado, ou o apoio à reeleição do prefeito Cícero Lucena, em 2024.

Ontem, João Azevêdo esteve sendo sabatinado na Rádio Arapuan, quando, mais uma vez, foi instado a falar sobre seu futuro político. E tem se saído bem, principalmente quando menciona alguns fatores que podem fazê-lo mudar o projeto.

Entre eles, conforme ressaltou, o próprio estado de saúde, além de questões internas do partido. O governador revelou que legendas aliadas também serão ouvidas a despeito de outros nomes competitivos.

Mas que, a preço de hoje, a decisão está tomada: “Meu nome estará à disposição”, concluiu.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.