Danielle volta apelar por Procuradoria da Mulher

A Assembleia estuda a instalação da Procuradoria da Mulher, atendendo uma iniciativa das deputadas Danielle do Vale (Republicanos), doutora Paula (PP) e Sílvia Benjamin (Republicanos).

A ideia é apresentar ao presidente Adriano Galdino mecanismos e formas de ampliação de espaços de poder para a mulher na política, também a ampliação de direito a todas as mulheres”, justificou a parlamentar.

Destacou, ainda, que “estamos na expectativa de que consigamos reunir os elementos necessário para criar a Procuradoria da Mulher aqui na Paraíba”, reforçou ela. O momento é propício, até pelas demandas que a parlamentar recebe na comissão da qual preside.

Não resta dúvida que a iniciativa promete dar um gás as políticas públicas voltadas para a proteção das mulheres na Paraíba. A Procuradoria exclusiva está presente em 16 estados, funcionando como órgão de orientação, intermediação, monitoramento e fiscalização, se somando aos esforços da Rede de Proteção às Mulheres, diminuindo os índices de violência.

Na Paraíba, a proposta das deputadas é implantar o órgão no legislativo estadual em parceria com a “Quero Você Eleita”, um movimento comandado pela advogada Gabriella Rollemberg, de Lídia Moura, secretária estadual da Mulher e da Diversidade Humana; de Adriana Rodrigues, presidente da Comissão Mista de Gestão Pública da OAB; e de Ticiane Carneiro, vice-presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB.