Vereadora alerta prefeita que animais sentem dor

Mesmo com a batida de pino na prefeita Karla Pimentel (Pros), a vereadora Fabíola Rezende (PSB; foto), defensora da causa animal, reagiu a lei editada, sancionada e publicada que propõe o sacrifício de animais na cidade de Conde.

É uma lei absurda, desumana, que autoriza a Prefeitura de Conde a assassinar animais. É um crime que deve ser combatido e demonstra a falta de sentimento da prefeita”, disse Fabíola.

Ainda, conforme a vereadora pessoense, “a lei não leva em consideração que os animais são seres sencientes. Ou seja, eles têm sentimento, sentem dor”, destacou.

Infelizmente, a prefeita não levou em consideração esse detalhe e agiu, quem sabe, com o propósito de desviar a atenção para um problema maior que a cidade enfrenta neste momento.

Karla recuou e agora que discutir a proposta mirabolante de instituir a “eutanásia” para os animais de Conde. Sorte dos seres que o mandato da prefeita está próximo do fim…