Toda ajuda aos hospitais do câncer é bem-vinda

A decisão de fortalecer os serviços gratuitos essenciais, em especial na área de saúde, tem feito a diferente no trabalho da Assembleia Legislativa, cuja prerrogativa precípua, como se sabe, é elaborar e aprovar leis em benefício da população.

Porém, o legislativo tem apoio de forma irrestrita hospitais de tratamento oncológico, e em pouco mais de três anos já doou mais de R$ 2 milhões a unidade de saúde de tratamento do câncer do Estado.

Em nota, destaca que em 2022, por exemplo, “a Casa de Epitácio Pessoa arrecadou mais de R$ 316,6 mil para a Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) e mais de R$ 470 mil para o Hospital Napoleão Laureano, totalizando quase R$ 800 mil.”

A FAP e o Napoleão Laureano prestam um grande serviço para toda a população e é preciso assegurar que sigam funcionando em perfeitas condições”, justificou o presidente Adriano Galdino (Republicanos).

Pontuou que “com cerca de 60 anos de atuação, as duas instituições são referência no tratamento oncológico no Estado e dedicam cerca de 95% dos seus atendimentos aos usuários do SUS”.

Os investimentos são resultado da campanha de conscientização e doações para ajudar na manutenção do Hospital Napoleão Laureano e da FAP. A campanha foi iniciada em 2019.