Coronel PM citado por delator da Operação Calvário é exonerado da Casa Militar

O secretário Executivo da Casa Militar, coronel Anderson Henriques Benevides Pessoa, foi exonerado agora a pouco. A informação é de um suposto envolvimento do oficial PM na Operação Calvário, com nome citado por um delator.

O Diário Oficial do Estado trouxe a publicação do ato governamental nesta quarta-feira (7). Ele será substituído pelo tenente coronel Marcelo Tadeu Rodrigues Lima. Anderson Henriques tinha sido nomeado pelo então governador Ricardo Coutinho, um dos investigados no âmbito da Calvário.

Um colaborador da Justiça citou o nome do coronel em um dos trechos da delação, conforme veiculação na imprensa, o militar é citado como o oficial participante de operações de recebimento de propina.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.