PARA ACABAR COM DIVERGÊNCIAS, Cícero propõe Maranhão para Senado

Entre um boato aqui, outro acolá, Cícero Lucena (PSDB) jogou algo concreto ao meio-fio durante entrevista concedida na manhã desta sexta (6). A quem interessar possa, ele disse que abriria mão de concorrer à reeleição em troca da indicação do ex-governador José Maranhão, também presidente estadual do PMDB, para a vaga de senador na chapa majoritária encabeçada por Cássio Cunha Lima.

Com isso, Lucena superaria as divergências internas em relação ao rumo da campanha tucana ao governo estadual, que ele próprio preparou para levar o seu PSDB a disputar as eleições majoritárias deste ano, rompendo a enfadonha aliança como o PSB do governador Ricardo Coutinho. Nesta proposta, porém, há um grande obstáculo: a candidatura própria do peemedebista Veneziano Vital do Rêgo.

Precisa-se combinar com o PMDB, Vital do Rego, Veneziano e Cia. Quem deve estar morrendo de medo dessa é o candidato à reeleição, o “socialista” Ricardo, porque forçaria o Partido dos Trabalhadores a se posicionar também dentro da disputa e como não a tempo de voltar atrás e lançar um novo nome, os petistas seguiriam os peemedebistas.

Aliás, montarias se uma chapa eclética: PSDB/PT/PMDB. Por que não?

Mas, enfim, Cícero está no jogo. Limpo, depois que a Justiça o inocentou e proclamou mentirosas as denúncias contra ele e outros réus no caso da “confraria”, ele agora tem discurso para desbancar quem armou para arrasar sua vida pública.

Deram com as caras nos burros.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.