DISSIDENTES EXIGEM DIÁLOGO; defendem uma decisão colegiada

Um momento, porque há uma “pedra” no caminho da decisão do ex-senador Efraim Morais, também presidente estadual do DEM, que anunciou na semana passada o apoio do partido ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Mas é preciso muita calma, porque dissidentes não concordam e, até, propõe uma reunião da Executiva para esclarecer o que fora anunciado lá atrás.

“Tínhamos feito um acordo de que a decisão seria colegiada; até formou-se uma comissão com onze integrantes, que lamentavelmente não foram ouvidos […]. Pelo menos a maioria não e nós queremos debater o assunto […]. É mais democrático agirmos assim”, disse o vereador Lucas de Brito, líder da bancada de oposição ao governo petista na Câmara Municipal de João Pessoa.

Ele disse que ainda aposta no diálogo e acha o melhor caminho para que o partido sair unido na disputa de outubro. Por isso, resguarda a opinião sobre sua preferência das quais das pré-candidaturas gostaria que os democratas apoiasse no pleito deste ano, na Paraíba.

Deixou escapar que na comissão dos onze já existe uma maioria, a tendência para qual lado deverá pender a legenda. “Claro que sim, mas é preciso dialogar e aposto nisso, porque sem esse dialogo não iremos a lugar nenhum sem a união de todos, a postura única que se faz necessário para o nosso partido”, comentou.

A comissão formada para decidir as questões eleitorais é formada, além de Lucas, pelo também vereador Bosquinho, os deputados João Henrique, Domiciano Cabral, Lindolfo Pires e Assis Quintans, o deputado federal Efraim Filho, o ex-senador Efraim Morais, o prefeito (Santa Luzia), Ademir Morais, e os ex-prefeitos Marta Ramalho (Bananeiras) e Carlos Antônio (Cajazeiras).

Os democratas de Campina Grande também se posicionaram contrários a decisão do partido, que antecipou o anuncio de apoio a pré-candidatura reeleitoral do governador sem ouvir os filiados da legenda.

Haja bronca!

lucas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.