Tucano vai à forra: ‘Vivemos um clima de completa insegurança’

Cássio Cunha Lima já foi acusado por setores do PSB de ter deixado para o governador Ricardo Coutinho um legado maldito. CCL começa a ir à forra. Deu-se durante entrevista ao Jornal de Verdade, transmitido pela Rádio Cidade. O tucano fez um desabafo: “Não adianta ficar só falando que o índice de homicídio no Estado diminuiu (…). Vivemos um clima de completa insegurança”.

Proclamou a frase perante o seu público-eleitor. Cássio precisa, de fato, reagir porque os campinenses não agüentam mais tanta violência. Os arrastões tomam conta dos restaurantes da cidade.

A deputada Daniella Ribeira acusa o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) de ser conivente com o descaso do governo perante o segundo maior colégio eleitoral do Estado. Ela, inclusive já foi vítima dos arrastões.

Dizia-se que o governador “socialista” que Cássio ajudou a eleger, portanto, co-responsável pelo caos; havia herdado das gestões anteriores – incluía a administração Cunha Lima – tinha uma aparência de lixo.

O repórter Juarez Amaral conduziu a entrevista. Ele perguntou ao senador Cássio sobre a possibilidade de disputar o governo em 2014 e a resposta, depois das criticas a gestão “socialista”, foi a de sempre: “Sou aliado de Ricardo”. Pelo menos, confirmou que divide com o “socialista” os problemas que o Estado vem enfrentando, não só na segurança pública, mas em outras áreas da administração pública.

Depois, uma declaração para deixar em dúvida a Paraíba inteira: “Eu acredito que o PSDB tem direito de fazer consultas sobre a possibilidade de minha candidatura” e garantiu que “não penso nisso”.

Outra declaração surpreendente: “Somos diferentes, pois não nos falamos com freqüência (…). Ricardo tem um estilo próprio que respeito…”.

“… Meus pleitos nem sempre são atendidos. Não tenho tanto prestígio assim. Ricardo foi uma única vez no meu gabinete em Brasília. Já passamos um mês ou dois sem contato”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.