Governo versus Assembleia: tolerância chega a grau zero

Questão de estilo, mas a contundência e o rigor da escolha das palavras têm sido a marca do governador Ricardo Coutinho (PSB), desde que se tornou evidente a crise Governo versus Assembleia.
Expressão como “golpismo” é uma de muitas já declaradas publicamente. Por essa é outras, o deputado Hervázio Bezerra (PSDB-foto), líder da bancada governista, começa a encontrar dificuldades de conhecer a tropa que irá contar na volta do recesso parlamentar.
Neste momento, HB faz conta com uma tropa de choque composta de 13 parlamentares, incluindo a futura deputada Iraê Lucena (PMDB). Ela pode ser um reforço. Porém, vai estar “limitada” as orientações do seu partido.
Ou seja: não poderá render 100% do que poderia em defesa do governo Ricardo Coutinho se não houvesse essas amarras.
Hervázio, nesta sexta (4), declarou que trabalha o voto de mais um deputado. Não revelou o nome, mas já sabe que o Pastor Jutahy Menezes (PRB) tem um encontro – se não aconteceu nesta tarde – com o governador do Estado.
Convenhamos: Deixaram a corda esticar demais e agora percebe-se que a tolerância chegou a grau zero.
O líder projeta: “vamos ter o prenúncio de uma guerra e as cartas estão postas na mesa”.
Vixe!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.