Gens Cidades: Sentimento Natalino e Seres Sustentáveis

“Diretrizes para fortalecemos a “corrente do bem” sustentável neste Natal
Hoje, 24 de dezembro de 2012, é véspera de Natal. Para uns o melhor período, pois a família se reúne, todos ganham presentes e recordam bons momentos que viveram durante o ano. Para outros um momento de melancolia, de nostalgia, pois fica para trás um ente querido que deixa uma cadeira vazia na ceia desta noite de Natal. Para muitos um momento como outro qualquer. Nada de ceia, de presentes, de “amigos secretos”, enfim mais um dia sofrimento seja por estar nas ruas ou nos leitos de hospitais.  Alguns tentam amenizar as diferenças, se não por convicção por conveniência. As doações aumentam, a solidariedade aflora, o sentimento de humanidade fala mais alto. Quem tem seus sonhos realizados busca realizar o do próximo e aí vamos construindo uma “corrente do bem”.

O sentimento natalino vai de encontro ao conceito de seres humanos sustentáveis. Tais seres, são solidários, cheios de compaixão, são companheiros e procuram formar um cooperativismo a favor do bem comum. Por isso, como seres sustentáveis que somos, daremos 5 (cinco) diretrizes para formamos uma “corrente do bem” onde a participação de cada um é de suma importância:

1. Temos que ser  “espelho” para os nossos descendentes praticando atos que sejam por eles seguidos. Ou seja, bons comportamentos devem ser postos em prática, hoje, para colhermos bons frutos no futuro;
2. O consumismo desordenado acarreta um excesso de resíduos que traz consequências incalculáveis ao meio ambiente e a saúde das pessoas. O sufixo “ismo” traduz a “patologia do consumo” que caracteriza o sistema capitalista. Portanto, contenha-se! Vamos procurar ter o suficiente;
3. Devemos otimizar o que já possuímos. O que não queremos mais pode ser reaproveitado. Tem pessoas esperando por aquele objeto que não damos mais importância;
4. A educação e a cortesia são essenciais nesta época do ano. O ruge-ruge nos shoppings e nas cidades alteram os ânimos das pessoas, portanto, tolerância! Sejam educados e faça a sua parte;
5. Natal é tempo de renovação. É hora de renovarmos para ajustarmos a nossa trajetória.

Portanto, faça parte dessa “corrente do bem” e seja exemplo de consumidor consciente, de solidariedade, de educação e tolerância e aproveite para renovar sua fé, sua esperança para darmos um salto significativo e alcançamos um progresso sustentável!”

          Feliz Natal,
Grupo Energia e Sustentabilidade – GENS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.