Edvaldo leva bronca e baixa hospital com dores na coluna

O puxão de orelhas do governador Ricardo Coutinho (PSB) por causa da debandada de filiados socialistas esta semana, levou Edvaldo Rosas – presidente estadual – até um hospital particular aqui de João Pessoa. Uns disseram ter sido por causa de dores na coluna. Outros, o mal estar que causou a fuga de 50 ex-girassóis para o PMN, partido da base do Governo Luciano Cartaxo (PSD).

Coutinho não gostou da repercussão, ainda mais que os então filiados tenham saído para uma legenda do bloco político do provável adversário da campanha à sucessão governamental do próximo ano. Como se sabe, o PMN hoje é comandado por Zennedy Bezerra, braço direito do prefeito da Capital. O blog já havia antecipado a saída dos socialistas de Pombal.

A movimentação desse nível está apenas começando. Afinal de contas, pesa mais a perspectiva de poder que ora se verifica na política da Paraíba.