Zé é candidato com as bênçãos do PMDB, seu partido

O senador Zé Maranhão conta com as bênçãos do seu PMDB para à sucessão governamental do ano que vem. Por isso, colocou o pé na estrada começando o contato com os eleitores paraibanos. Em entrevista, ele reafirmou que seu nome está à disposição, como demonstra vitalidade de concorrer o Governo do Estado em 2018.

“O que mais me estimula é a convocação dos companheiro do partido”, disse. É verdade, se depender dos peemedebistas não haverá nenhum problema na possibilidade de Zé permanecer com essa disposição. Aproveitou informar que “não há desconforto com Manoel Júnior (vice-prefeito), caso venha torcer por Luciano Cartaxo”.

“Se Luciano deixar a Prefeitura para ser candidato a governador, é lógico, é elementar que será do agrado de Manoel Júnior, mas isso não é motivo para qualquer cisma entre nós, que estamos juntos no PMDB há muito tempo e sempre com harmonia, então essas questões será debatida no momento oportuno”, comentou.

Zé não confirma a manutenção da aliança do PMDB com o partido do prefeito Luciano Cartaxo. “Não existe aliança eterna”, observou. Porém, destacou que “funcionou para as eleições de 2016, mas em 2018 nós iremos analisar como serão os entendimentos”.

E arrematou com um recado: “Está muito claro que o povo da Paraíba quer vida limpa e experiência”.