Veneziano se diz tranquilo ante as ameaças do PMDB

“Guardei coerência”, declarou o deputado federal Veneziano Vital (PMDB), um dos seis parlamentares do partido a votar contra o presidente Michel Temer no plenário da Câmara nesta quarta-feira (2). A Executiva ameaça punir os considerados “infiéis”. O parlamentar paraibano afirmou: “Estou tranquilo, vamos esperar”.

A reação de Veneziano é de quem está tranquilo mesmo e certo de que votou conscientemente, sem extravasar ressentimento algum. “Até porque não existe de minha parte”, ponderou. No outro momento, ele explicou o “voto coerente” do qual relatou:

“Ao ouvir as vozes rocas das ruas, principalmente por onde estive nas últimas semanas em visita as cidades paraibanas, ouvi apelos da população para a necessidade de votar favorável a liberação do presidente Temer. A Paraíba inteira soube da minha posição e não faria diferente do que tinha proclamado”, falou.

Do PMDB da Paraíba, os votos dos deputado Hugo Motta e André Amaral foram em favor do presidente Temer, como bem orientou o partido.