Uma herança maldita cai no colo de Luciano Cartaxo

O Jampa Digital, cujo projeto do governo municipal na “Era Ricardo Coutinho” tinha o objetivo de levar Internet grátis para a orla marítima de João Pessoa, acabou se transformando numa herança maldita para o prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Isto porque, mais uma vez, o Ministério da Ciência e Tecnologia lembra que a Prefeitura terá que devolver os recursos aplicados para a implantação do programa.

A propósito, um programa que nunca funcionou. A Prefeitura terá que devolver os recursos gastos, conforme documento exposto pelo Ministério pedindo o ressarcimento aos cofres federais, isto a partir da apuração da fraude realizada pela Polícia Federal. Até agora o sentimento das pessoas investigadas é de impunidade, ninguém está ligando para absolutamente nada, muito menos o então prefeito responsável pelo projeto.

Conforme consta no inquérito da PF, foi apurado um desvio de quase R$ 2,5 milhões em agosto de 2014. Atualizado, esse valor vai a quase R$ 4 milhões. O Ministério da Ciência e Tecnologia avisa que caso a Prefeitura não providencie o pagamento, aí poderá ser inscrita no Cadastro de Inadimplentes do Siapi ne Cadin. “O delito foi comprovado nos autos do processo e consolidado pelo Relatório de 25/08/2014 da Comissão Técnica”.

“Por isso, temos que colocar pra frente a investigação parlamentar do projeto Jampa Digital”, defendeu um vereador da base do governo municipal.