Tião não existe; Lucas agora é dono da sala do PSL

O deputado estadual Tião Gomes já pode ser chamado de “ex” presidente do PSL paraibano. Foi retirado da sala, cujo espaço agora está sendo ocupada pelo vereador Lucas de Brito. Melhor assim, porque assume alguém com ideais novas em termos partidários.

Pior para o governador Ricardo Coutinho, que perde um aliado. Para onde Tião vai? Você deve estar se perguntando. Bem, só ele sabe. Pode até continuar no partido, mas sem direito a voto e voz, coisa que ele não está acostumado. Dizem que está de saída. Aliados de Lucas respondem: “Já vai tarde!”

Ainda saiu falando do novo chefe: “Lucas me pagou com traição por ter eleito ele presidente do PSL em João Pessoa”. Tião foi quem informou que a direção nacional do PSL determinou compor com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

Mas, enfim, o PSL passar para boas mãos.