‘Governador ficará sozinho no meio da rua’, diz Renato

Pois é, a observação do deputado Renato Gadelha (PSC) em pronunciamento na manhã desta quarta-feira (27), da tribuna da Assembleia, é uma analise que vem sendo feita por alguns socialistas preocupados com o futuro do partido. “Vai ficar sozinho no meio da rua”, disse o parlamentar se referindo ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

Afirmou que a tentativa de dividir a oposição para vencer as eleições da Paraíba e lembrou: “Das últimas vezes que agiu dessa forma, ele (Ricardo) não encontrou respaldo”. O deputado prevê que a tendência é que o governador venha perder aliados já no começo de 2018.

Comentou, também, que “essa estratégia do governador tem lhe rendido posições contrárias da população, amparando o processo de isolamento que o cerca”. E acrescentou: “Ricardo Coutinho não quer eleger ninguém, porque só pensa nele mesmo.”

E arrematou: “Ele precisa torcer para obter êxito nas próximas eleições, porque na possibilidade de ficar sem mandato não terá onde beber água, pois ficará sozinho no meio da rua”.

O blog ouviu de um ainda aliado a seguinte frase: “Quando Ricardo deixar o governo não levará um amigo, um só amigo”.