Punição reaproxima Veneziano do senador José Maranhão

A ameaça de expulsão após a suspensão por 60 dias reaproxima o deputado federal Veneziano Vital do senador José Maranhão, presidente estadual do PMDB. O “V” garantiu que não sairá, mas está chateado com a punição da direção nacional depois de votar a favor da liberação para que o presidente Michel Temer fosse processado por suspeita de corrupção passiva.

Veneziano trabalha para que a decisão seja revogada. Pelo menos, no seu caso e tem evitado comentar a punição. Além da suspensão, a perda dos cargos nas comissões temáticas da Câmara Federal. O senador Maranhão tem sido a liderança peemedebista que o parlamentar vem se apegando. Ele acha que vai conseguir. Porém, pretende usar até quem não é filiado ao PMDB.

Maranhão, claro, usa o jargão: “Não devia, mas vou ajudar…”