PSB não tem jeito; CGU enquadra prefeito socialista

O PSB, partido do governador Ricardo Coutinho, vive momentos de azar.

No começo desta semana, a prefeita socialista Eunice Pessoa teve o mandato cassado por crime eleitoral. Já o governador Ricardo não explicou o superfaturamento das obras da Perimetral…

Para não passar em branco a véspera do fim de semana, nesta quinta-feira (19) teve mais confusão. A CGU (Controladoria Geral da União) enquadrou Dedé Romão, de Pedras de Fogo.

O relatório final do programa de fiscalização de verbas federais apontou irregularidades graves no uso de recursos federais para a Prefeitura de Pedras de Fogo na gestão do prefeito socialista.

Entre as irregularidades estão superfaturamento, despesas não comprovadas, problemas na merenda e transporte escolar, descumprimento de carga horária semanal de servidores…

… E mais: pagamento em atraso mesmo com a verba federal sendo repassada antecipadamente, irregularidades em pregões presenciais, pagamento a profissionais que não exercem atividades de magistério.

Em relação essa questão do magistério, trata de parcela de 60% do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, contratação irregular de profissionais da Educação.

Ainda não acabou: existência de servidores com até três vínculos na Prefeitura e irregularidades nos processos licitatórios, visando aquisição de combustíveis.

E para concluir, entre outras várias irregularidades comprovadas através de investigação.