Projeto de Jutay, se levado a sério, trará boa repercussão

Saindo do forno projeto do deputado Jutay Meneses, também presidente estadual do PRB, que cria o programa “Saúde da Mulher Detenta”, cuja iniciativa do parlamentar surgiu neste sábado (5), comemorativo do Dia Nacional da Saúde. De acordo com ele, serão beneficiadas por esta política, as mulheres que cumprirem penas ou aguardando julgamentos no sistema penitenciário.

“Pretendemos assim, contribuir com a melhoria da saúde da mulher detenta, com base no respeito e valorização do ser humano”, explicou Jutay. Para ele, o projeto visa, acima de tudo, promover de forma efetiva a atenção integral à saúde da população prisional feminina no âmbito da Paraíba.

Elencou assim os objetivos dessa política: aumentar a cobertura, a concentração e a qualidade da assistência pré-natal, melhorar a assistência ao parto e ao recém-nascido, o acaso às ações de planejamento familiar, garantindo o acesso aos métodos anticoncepcionais reversíveis; e diminuir os índices  de mortalidade materna.

Outro objetivo básico da proposta: o aumento dos índices de aleitamento materno, ampliando as ações de detecção precoce do colo do útero e da mama, articulando-se ao sistema de referência para o tratamento e o acompanhamento da mulher, além de estabelecer parcerias com outros setores para o controle das DST e de outras patologias, principalmente nas ações dirigidas às gestantes visando à prevenção da transmissão do HIV, Sífilis congênita e erradicação do tétano neonatal.