Prefeito pode perder aliados por descartar apoio a Branco

Dedé Romão, prefeito de Pedras de Fogo, está na iminência de perder seu grupo político, caso insista no lançamento do seu irmão, Valdinho Romão, para concorrer uma cadeira na Assembleia Legislativa nas eleições do próximo ano.

Se acontecer, seria uma grande traição ao deputado Branco Mendes (PEN), que ajudou a eleger o prefeito em duas campanhas municipais e apóia Dedé há cerca de 10 anos, desde derrota até as vitórias conquistadas. Além do mais, o irmão do prefeito é conhecido por ser intransigente e mandar mais que o irmão.

“Quem manda na prefeitura e Valdinho. Pode ir na prefeitura que você vai encontrar ele dando ordens e sentado na cadeira do irmão. Já o prefeito a gente não acha na cidade e muito menos atende celular…”

“… Dedé deixou os destinos da cidade nas mãos do irmão e agora quer nos empurrar a candidatura dele como deputado estadual guela abaixo e não vamos aceitar isso”, disse um vereador da base.

Outra liderança política da cidade afirmou que não acompanhará a imposição dos irmãos Romão, descartando apoio à reeleição do deputado Branco Mendes:

“Quem nos ajudou quando mais precisamos foi Branco Mendes, hoje quem manda na gestão é Valdinho, pois Dedé não aparece. Não vamos aceitar essa candidatura que fará vergonha ao nosso grupo, pois Valdinho não é uma pessoa querida, muito pelo contrário, a população não gosta dele, pois ele não trata o povo bem”, comentou.