PR quer expulsar ‘infiéis’ e Wellington Roberto é um deles

Os “infiéis” do PR estão sofrendo o pão que o tinhoso amassou e leva a sério o processo de retaliação aos deputados que desobedeceram a orientação da Executiva nacional, e votaram pelo afastamento do presidente Michel Temer. Além de perder os cargos federais indicados nos estados, os parlamentares podem sofrer intervenção em seus diretórios.

É o caso específico do deputado federal Wellington Roberto. Ele descumpriu ordens do PR nacional e, por isso, já perdeu cargos indicados e agora poderá sofrer intervenção na direção estadual, inclusive correndo o risco, também, de ter que enfrentar um processo de expulsão da legenda.

No caso de Wellington, o compromisso dele era com Eduardo Cunha, o ex-presidente da Câmara Federal e presidiário da Operação Lava Jato.