Podemos vai expulsar Berg; “ele nos traiu e decepcionou’

Por trás das grades, sem poder fazer absolutamente nada, apenas ouvindo informações de notícia que vem de fora para dentro, o prefeito afastado Berg Lima (Podemos), que segue encarcerado numa das unidades da Polícia Militar, já tomou conhecimento que deverá ser expulso do partido.

Uma reunião extraordinária está prevista para esta segunda-feira (17), e não escapará da expulsão, conforme adiantou o secretário-geral do partido, em Bayeux, Ronaldo Luiz, ex-secretário de Planejamento da gestão do prefeito presidiário.

“Eu era amigo de Berg, mas Berg não foi nosso amigo”, queixou-se que não houve reciprocidade nesta relação. E continuando: “Vamos iniciar o processo na segunda e encaminhar para nacional. Não podemos jamais ser omissos com essa situação”.

E arrematou: “Nosso compromisso é com o povo. Ele era nosso amigo, mas nos traiu e nos decepcionou”.

Um partido que tem o slogan “Podemos MUDAR O BRASIL” não pode ter um Berg em suas fileiras.