Para não perder o hábito, aliado entrega aliado

O Avante do deputado Genival Matias, no últimos dias, através de uma articulação eficiente, tem conseguido a filiação de diversas lideranças, inclusive políticos detentor de mandato, a exemplo do deputado Tião Gomes, ex-presidente do PSL Estadual.

É claro, que isso incomoda. O PPS do secretário Nonato Bandeira, ex-vice de João Pessoa, se enquadra nessa situação. Tanto é verdade que levou o caso ao governador do Estado, pedindo a intervenção para evitar o Avante avançar na articulação de suas filiações.

O conflito de Nonato com Genival, segundo informações, estaria tomando dimensões incalculáveis dentro do jardins dos girassóis. Deu-se, principalmente, depois das filiações de Júnior Araújo, que estava com o pé no PPS, mas preferiu o Avante.

Mais recentemente com a filiação de Dr. Américo, que também trocou o PPS pelo Avante. Por isso, Nonato e seus aliados declaram guerra a Genival Matias. Diz-se que a troca de farpas e acusações se davam apenas internamente. Agora, ganhou o asfalto.

Nonato teria articulado setores da mídia paraibana para desgastar a imagem do deputado Genival. O presidente do Avante estaria, segundo informações, cobrando solidariedade por estar sendo vítima do próprio aliado.