Pacto de união: Está chegando a hora da definição

A oposição selou a unidade e agora é pra valer. Pelo menos, foi o que ficou acertado numa conversa que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) teve com dois dos possíveis principais protagonista das eleições do ano que vem, os prefeitos Luciano Cartaxo (PSD) e Romero Rodrigues (PSDB).

Antes de saírem para o jantar de comemoração do senador José Maranhão, presidente do PMDB Estadual, Cartaxo e Romero se reuniram no escritório de Cássio para tratar do pacto de união, e neste sentido se comportaram durante o acontecimento da noite passada. Tudo foi registrado e acompanhado pelo vice-prefeito Manuel Júnior.

Qual foi o discurso das lideranças que firmaram o pacto ao chegar ao local da festa: “não é recomendável se antecipar discussão sobre a chapa e candidaturas no atual momento”.

Veio uma orientação que acabou gravada na mente dos prefeitos de João Pessoa e Campina Grande: “Cada um fazendo o dever de casa e mantendo a consciência de que isso, em si, não é um problema”. E não é mesmo. Afinal de contas, a oposição está cheia de opções de candidaturas, de nomes reconhecidamente estadualizado.

Durante as entrevistas, Cartaxo não falou de outra coisa se não fosse a unidade do grupo. “É preciso manter a tranquilidade e no tempo certo decidir o que for melhor”. Romero destacou: “Nossa grande vantagem é justamente dispormos de vários e bons quadros nessa aliança”.

Portanto, é aguardar como será conduzido o pacto de união iniciado nesta sexta-feira (15).