O que Júnior Araújo tem que falta a Jeová, o traído?

Com as bênçãos do governador Ricardo Coutinho (PSB), o ex-vice-prefeito de Cajazeiras, Júnior Araújo, cassista roxo; se chegou devagarzinho e juntou-se ao grupo socialista, sem saber se está em boa companhia, principalmente de Carlos Antônio, ex-prefeito de Cajazeiras.

Uma coisa é certa: o governador trocou o deputado Jeová Campos (PSB) por Júnior Araújo, ex-PTB e recém filiado ao PPS de Nonato Bandeira. Jeová deve ter ficado surpreso, mas calejado de sucessivas decepções preferiu silenciar-se. Pelo menos por enquanto.

Na imagem acima veiculada no blog do Ninja, editado por Henrique Lima, o grupo já exibe o “V” da vitória de Júnior Araújo, recebido com tapete vermelho por Carlos Antônio (DEM), Denise Albuquerque (PSB), ex-prefeita e o grupo que vai pedir votos para Júnior Araújo.

Carlos Antônio e grupo deixaram Jeová Campos a ver navios, uma prova de que na política não existe lealdade que exista tendo no meio uma traição. É assim que caminha a humanidade.