‘O PMDB não tem nenhum tipo de gratidão com o PSB’

Ao negar, de forma peremptória, reaproximação do governista PSB, o senador Zé Maranhão, presidente estadual do PMDB, colocou uma “pá de cal” no desejo dos socialistas de unir-se aos peemedebistas para as eleições de 2018. E mandou um recado duro:

“Todos sabem na Paraíba a posição do PMDB em relação ao Governo Ricardo Coutinho”, disse Maranhão ao demonstrar que não tem nenhum tipo de gratidão com os socialistas paraibanos.

E prosseguiu: “Nosso partido tem posição firme sobre isso. Nas eleições do ano passado, o governador e seus aliados tentaram a mesma coisa, e nós fechamos uma aliança com o prefeito Luciano Cartaxo. Para 2018, temos uma sinalização de candidatura própria ao Governo do Estado. Até lá, iremos decidir sobre essa e outras questões”.

Maranhão reiterou que o governador tentou humilhar o PMDB após as eleições de 2014, quando apoiado pelo partido. “Nós demos grande contribuição para a vitória do governador no segundo turno daquele pleito, e depois vimos como o governador agiu em relação ao nosso partido”.