LUIZ ANTÔNIO, de Bayeux, começou a pegar descendo

Ainda não é uma decisão definitiva, mas em se tratando de Ministério Público, ainda mais da promotora de Bayeux, Maria Edligia Chaves Leite, o prefeito interino da cidade Luiz Antônio (PSDB) pode começar a esvaziar a gaveta do seu gabinete na Prefeitura.

Em plena terça (13) de Carnaval, o bloco da folia anti-Luiz Antônio saiu as ruas para comemorar o pedido de afastamento do ainda prefeito. Conforme a decisão, “o gestor praticou ato de improbidade administrativa”.

E sabe por que (?): “Ao pedir ao empresário Ramon Accioli a quantia de R$ 100 mil a fim de divulgar na imprensa um vídeo que comprometeria o prefeito afastado Berg Lima…”.

Em suas alegações, a promotora destaca que a permanência de Luiz Antônio no cargo pode intimidar possíveis testemunhas e promover a destruição de provas.

O que é uma pura verdade.