ITV impede a saída de Cícero do PSDB neste momento

O PMDB poderia ser o novo caminho partidário para o ex-senador Cícero Lucena. Seria um espécie de volta as origens, levando-se em considerar que por esse legenda ele se tornou vice-governador, governador e prefeito de João Pessoa. Só depois é que acompanhou o também ex-peemedebista Ronaldo Cunha Lima rumo ao PSDB, uma extensão, na verdade, do pemedebê.

Porém, a saída de Cícero da legenda tucana irá implicar em outra consequência a sua trajetória partidária, já que hoje, mesmo sem mandato, integra o Instituto Teotônio Vilela. Ainda assim não lhe falta convite para ingressar novamente no PMDB, a exemplo do que aconteceu no final de semana, talvez no mais de décimo apelo feito pelo senador Zé Maranhão.

Afastado atualmente da atividade política, depois de cumprir o mandato de senador, Cícero nesta segunda-feira (2) foi lembrado também pelo vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior. “Ele (Cícero) é sem bem-vindo em qualquer legenda e no caso do PMDB, é a origem dele”, exclamou.

“O PSDB é o partido dele, nós respeitamos e temos relação de amizade com os dirigentes. No PMDB ou PSDB, Cícero será sempre querido nosso”, concluiu Manoel Júnior.