Interino tramou a queda e prisão do titular Berg Lima

Esqueça o aquecimento global, porque o fim do mundo chegou em Bayeux. O prefeito afastado Berg Lima (sem partido) está preso acusado de pedir propina. O seu substituto interino Luiz Antônio (PSDB) pediu R$ 100 mil de propina para derrubar o titular do posto, e percorre no mesmo caminho.

Conseguiu, mas não durou muito tempo e descobre-se que a trama que levou Berg a prisão teve o dedo do “arquiteto” Luiz Antônio, conforme ficou comprovado no vídeo exibido pelo apresentador do Tribuna Livre, Fabiano Gomes, na manhã desta terça-feira (24).

Na conversa com o empresário Ramon Acioly, dono de uma fábrica de tintas em Santa Rita, o prefeito interino pede R$ 100 mil de propina com o propósito de derrubar Berg Lima. Diz claramente que o dinheiro servirá para a divulgação de conteúdo para comprometer Berg.

Diz claramente que Berg Lima será derrubado do cargo de prefeito. “A ideia é estourar, porque quando estourar o Ministério Público vai ter que bater em cima”. O plano de Luiz Antônio deu certo. Ele não só derrubou Berg, como também levou o prefeito a cadeia.