‘Férias’ do governador devem ser questionadas na justiça

Sobre o pagamento das “férias” do governador Ricardo Coutinho (PSB), que recebeu o benefício como poucos servidores estaduais, a oposição estuda interpor uma ação judicial. Só não sabe qual ainda, mas terá como base o estatuto do servidor. “Esse é o caminho”, observou o deputado Renato Gadelha (PSC).

Ficou todo mundo estupefato com o ato do governador beneficiado com o pagamento acumulativo de quatro férias, questionado pela ex-primeira dama do Estado ao desmentir, através das redes sociais, que ele não teria gozado o período durante os anos de 2011, 2012, 2013 e 2014, conforme noticiado pela imprensa que imprensa.

Conforme informações, a oposição aguarda também análise de um especialista em Direito Trabalhista. A partir daí promete agir. O Sagres, um sistema de acompanhamento dos atos da administração pública, não mente. RC recebeu salário dobrado nos meses de abril, maio, junho e junho.

“Suspeitamos que tenha ocorrido também em relação ao mês de agosto”, comentou o deputado Bruno Cunha Lima (PSDB), líder das oposições na Assembleia Legislativa.