Em Piancó, Cartaxo diz que o ‘Sertão precisa de mais atenção’

Luciano Cartaxo (PSD) está em Piancó a convite do seu colega prefeito Daniel Galdino, também de partido, e constatou o que a Paraíba inteira já sabe: “O Sertão precisa de mais atenção na saúde pública”. Na verdade, o setor é um caos e outras regiões do Estado.

Avaliado como melhor gestor público da Paraíba, conforme apontou o Conselho Federal de Administração (CFA), o prefeito do maior colégio eleitoral do Estado apresentou o modelo de gestão por resultados que vem sendo implantado na Capital, recentemente apontada com a maior qualidade de vida do Nordeste.

Depois de ouvir vereadores da cidade e lideranças de diversos outros municípios da região, Luciano defendeu um novo padrão nos serviços oferecidos à população e reiterou: “A saúde é um grande desafio no país inteiro. Mas, como sertanejo, sei que as dificuldades são ainda maiores…”

“… As vezes, o paciente que precisa de atendimento especializado passa mais tempo na estrada do que no hospital. A população ainda aguarda novas maternidades e unidades regionais. É preciso inverter prioridades, reduzindo distâncias e trazendo novos serviços para a região”, destacou.

Sobre as eleições de 2018, Cartaxo disse que o debate em torno da Paraíba precisa ser feito agora:

“O governo precisa reconhecer o que faltou. E faltou dar um passo à frente no cuidado com as pessoas. Como prefeito da maior cidade do Estado, quero participar ativamente deste debate, com a certeza de que podemos avançar com resultados que cheguem na vida da população”.

O que ninguém tem dúvida é que o modelo de gestão da Capital tem sido uma referência país afora: “Temos trabalho, metas estabelecidas e objetivos que estão sendo cumpridos. Mas fazemos isso com diálogo, respeito e transparência”.

Ele apresentou resultados importantes desenvolvidos em João Pessoa, a exemplo da maior rede creches da Paraíba, com 50 novas unidades em tempo integral para 13 mil estudantes, o programa de habitação que está alcançando a marca de 6 mil casas já entregues, além de avanços outros, avanços na saúde, como a implantação do hospital infantil, com a primeira UTI pediátrica da Capital, e o programa gerente saúde, que traz profissionais para acompanhar e supervisionar o atendimento feito à população nos postos de saúde.