Deputado pode se dar mal no conflito com partido

Em litígio com o partido por insistir em não reconhecer a liderança do presidente estadual do Avante, Genival Matias, o deputado Inácio Falcão vai judicializar o processo de expulsão da legenda. Pode se dar mal.

“Na verdade, eu estou me defendendo sem saber do que estou me defendendo”, disse Falcão. Ele entrou em rota de colisão com Genival Matias, também deputado estadual, após tentar ocupar o espaço conquistado pelo presidente da legenda.

A partir dai começaram os problemas e Falcão resolveu ir para o confronto com a direção estadual. “Se você ouvir os integrantes do partido, membros e deputados, verá que a realidade não condiz…”

“… Existe uma divergência do presidente comigo e u gostaria muito de saber que divergência é essa”, frisou.

Falcão passa a impressão de ser uma vítima do Avante, quando, na verdade, ele é que tem criado divergência dentro do partido. Por isso, abriu-se o processo de expulsão e sabe tanto que sua situação é complicada que foge das notificações quando procurado para se defender.