Deputado fujão desaparece para não ser notificado

Ao deputado Inácio Falcão (Avante) está sendo dado o amplo direito de defesa das acusações de conduta inadequada, também de descumprimento do estatuto do partido. No entanto, ele cometeu nova infração na manhã desta quarta-feira (11) quando da tentativa de notificá-lo sobre o processo em tramitação na comissão especial instalada pela legenda.

Até que ele foi localizado em seu gabinete na Assembleia Legislativa, mas deu um drible de corpo no funcionário do partido. Na ocasião, ele exigiu que o representante da legenda se ausentasse para que recebesse a notificação na presença do seu advogado.

A equipe do Avante se retirou do gabinete atendendo o pedido do deputado por cerca de dois minutos para aguardar a chegada do responsável pelo jurídico do parlamentar e, ao retorno ao local, encontrou as portas do gabinete fechadas. Após o “chá de cadeiras” de um hora, os funcionários foram informados que o deputado Inácio Falcão tinha na surdina.

Houve quem dissesse que ele havia se escondido para não receber a notificação para que seja iniciado o processo de retirada do partido. A comissão especial do Avante foi criada com membros da legenda na Paraíba, atendendo uma recomendação da Executiva nacional.

Aqui, será apenas oficializada a decisão, após assegurar ao deputado o amplo direito de defesa.