Cássio repete Pedro: ‘Reforma de Estado em 1º lugar’

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) disse agora a pouco, em entrevista na TV Tambáu, seguindo a linha do filho deputado federal Pedro Cunha Lima, quando declarou à imprensa que “não se pode fazer uma reforma da previdência sem antes fazer uma ampla reforma do Estado”.

Segundo Cássio, também vice-presidente do Senado, “as pessoas não aguentam mais pagar impostos”, tendo destacado que “o estado brasileiro deve custar menos para fornecer mais serviços”. Essa é a tese defendida pelo senador, que concorda que “o cidadão, a cidadã não deve mais ser sacrificada com a altas cargas de impostos”.

Sobre a reforma da previdência, o senador injetou: “Precisa ser debatida a exaustão, se possível” e garantiu: “não voto da forma como está apresentada”. O programa é apresentado por Guto Brandão e participação de Professor União.