Cartaxo busca alternativa para não penalizar usuários

Para explicar o questionamento exigirá uma ampla reflexão, mas certo mesmo é que o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) rechaçou o aumento da passagem de ônibus, que o STJ (Superior Tribunal de Justiça) autorizou.

Cartaxo foi a “nocaute” em sua defesa aos usuários do transporte coletivo da Capital, lembrando que esse tipo de intromissão nunca tinha ocorrido antes. De qualquer forma, decisão judicial é para ser cumprida.

“Lamento profundamente a decisão porque sempre foi uma prerrogativa do Poder Executivo e do Conselho de Mobilidade Urbana”, lembrou o prefeito.

A Prefeitura está tentando encontrar uma alternativa para conciliar o desejo do município a decisão do STJ. “Já que teve esse fato novo, então nos resta ficarmos atentos e fazer esse debate da melhor maneira possível, de forma que não venha penalizar o usuário de transporte”.

Esse é o foco no entendimento do prefeito Cartaxo: “Sempre que possível, vamos tentar conciliar o interesse do empresário de ônibus, mas acima de tudo, encarando o transporte coletivo como algo fundamental e que tem um papel social na vida das pessoas”, concluiu.