Buba é quase unanimidade, mas pode surgir ‘famoso veto’

Se não houver o veto do comandante e governador Ricardo Coutinho, o PSB já tem o candidato à sucessão nas eleições de 2018. Chama-se Rubens Germano, o deputado Buba, como é mais conhecido lá pras bandas de Picuí, município do qual já foi prefeito na época em que integrou o grupo político do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Buba costuma a proclamar o seguinte: “Foi ele (Cássio) quem me ensinou a votar em Ricardo Coutinho”. É verdade. Com relação a essa questão não se discute que Cássio na campanha de 2010 mandou seus aliados votarem em RC para o Governo do Estado. Alguns seguiram a orientação, outros não.

Mas esse assunto não vem ao caso. Nos bastidores da legenda socialista, a discussão é que o deputado Buba já tem quase a unanimidade. Porém, pode não valer absolutamente nada se o comandante do PSB não dê o aval. Se Ricardo vetar acabou e ponto final. Por isso, pisa-se em ovos até a definição do nome.

Se acontecer o veto será mais um de muitos.