‘Aqui não se terceiriza, faz concurso público’, diz Cartaxo

Até parece que a crise econômica não bateu à porta da Prefeitura de João Pessoa, pois sim assim tivesse acontecido o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) não estaria anunciado concurso público para preencher 150 vagas, também reajuste salarial, pagando no mês e metade do décimo dos servidores no meio do ano.

Durante a atual gestão, quase 2.3 mil servidores foram contratados através de provas de seleção. “Um marco”, exclamou o presidente do IPM, Diego Tavares.

“Aqui, a gente não terceiriza, mas faz concurso público como estamos anunciando neste momento”, informou o prefeito durante entrevista coletiva em seu gabinete na manhã desta segunda-feira (24).

Obvio, o prefeito Luciano Cartaxo magoou a “ferida” do Governo do Estado na medida em que citou a terceirização do governista PSB, que pretende entregar mais de 600 escolas estaduais a uma Organização Social, a chamada OS. As criticas por essa ação governamental vem de todos os lados.

Nesta sexta-feira, o prefeito anunciou concurso público para preencher vagas na Controladoria do Município, IPM (Instituto de Previdência do Município) e Sedurb – Secretaria de Desenvolvimento Urbano.