ADVOGADO PEDE PERÍCIA NO VÍDEO DE BERG LIMA

Em trecho da defesa no processo de impeachment de Berg Lima, em tramitação na Câmara Municipal de Bayeux, o advogado Raoni Vita pede que seja feita uma perícia técnica no vídeo em que o empresário João Paulino de Assis acusa Berg de pedir propina.

De acordo com Raoni, “a fim de constatar que houve edições e cortes a partir do dispositivo e gravação originais, bem como qualquer outro tipo de prova que porventura se faça necessária ao longo da instrução”. Ou seja, desconfia-se que o vídeo tem sido editado, contaminando o processo.

Pede, ainda, que a perícia seja feita pela Polícia Federal ou a Civil Estadual. E mais: “Que não seja realizado quaisquer atos processuais, até o resultado final da perícia”, conforme atentou, “sob pena de cerceamento de defesa e nulidade desde já questionados”.

Em sua brilhante defesa, o advogado Raoni Vita propõe que “se declarem a nulidade dos atos aqui impugnados e seus respectivos efeitos”. E sugere: “Após o cumprimento de toda a tramitação de estilo, seja lavrado parecer final desta Comissão Processante pela improcedência da acusação”.

Pede-se, por fim, a suspensão dos atos envolve, inclusive reuniões da Comissão ou do Plenário, Sessões, Audiências, despachos, decisões ou qualquer outro, sob pena de nulidade de cerceamento de defesa”