A orientação é para todos vestirem camisa de João

Não existe plano “B” no PSB, que fechou questão sobre o nome do secretário João Azevêdo, no momento em que se observa uma movimentação bem diferente de quando lançado a Prefeitura de João Pessoa na eleição do ano passado.

No começo desta semana, o governador Ricardo Coutinho reuniu os deputados de sua base de sustentação política para cobrar fidelidade ao nome escolhido pelos socialistas para concorrer à sucessão governamental do ano que vem.

A palavra chave utilizada durante o encontro foi “reciprocidade” com a candidatura da legenda socialista. “Eu só tenho um candidato, que se chama João Azevêdo”, disse o governador. Portanto, essa história de plano “B” não existe.

“Nem ‘B’, nem ‘C’; muito menos ‘D’. Acho que estaremos muito bem representados”, comentou um dos deputados que compareceram ao encontro do começo desta semana.

O interlocutor adiantou ao blog que viu um governador entusiasmado, “inclusive dando entender que sairia para disputar o Senado”. Segundo ele, “ocorreu quando Ricardo fez autos elogios a Lígia (vice-governadora)”.