Projeto de Veneziano inibe violência nos estádios do país

Sempre recorrente, a violência nos estádios de futebol do país preocupa o deputado federal Veneziano Vital (PMDB), autor de um projeto de lei aumentando a pena para os infratores. “Nossa proposta tem o objetivo de alterar o art. 41-B do Estatuto de Defesa do Torcedor”, destacou.

Ou seja, se aprovado o projeto e sancionado pela presidência da República, a penalidade de reclusão passa de 1 (um) para 2 (dois) anos. E mais: “Impedimento de comparecimento às proximidades do estádio, bem como a qualquer local em que se realize evento esportiva, pelo prazo de 1 (um) a 10 (dez) anos, e multa”, justificou.

A base da proposta foi uma matéria veiculada no Jornal O Globo, onde destaca a morte do torcedor Leandro de Paula, palmeirense, esfaqueado em briga de torcedores depois da partida desta quarta-feira (12), após o clássio contra o Corinthians.

O texto destaca que o palmeirense Leandro de Paula não é a primeira vítima fatal ligada ao futebol neste ano. Dados do sociólogo Maurício Murad apontam dez mortes comprovadamente ligadas ao futebol em 2017, seja dentro ou fora de estádios.

Mas enfim, apareceu alguém que se preocupe com a integridade física dos torcedores, principalmente porque a intenção é excluir torcedores impulsivos e agressivos.