‘Fio preto’ da ENERGISA na agenda novamento do MP

O “fio preto” voltou com tudo neste final de ano. O golpe da Energisa contra os consumidores paraibanos voltou a ser tema nos corredores do Ministério Público da Paraíba, em especial do Conselho Superior do MP.

“A situação é muito grave”, informou o procurador Francisco Sales. Ele discordou da posição do relator, que votou pela homologação do arquivamento realizado pela Promotoria dos Direitos do Consumidor de João Pessoa.

O procurador Sales pediu vistas para determinar diligências juntos aos consumidores lesados. Neste sentido, a tese será submetida aos demais integrantes do Conselho dos Procuradores na quinta (7), ocasião em que será realizada a sessão do colegiado.

A suposta prática do “fio preto”, conforme batizado após denuncias feitas por consumidores, que afirmam ter seus medidores de energia adulterados pela concessionária, que teria “plantado” os chamados “gatos” de energia em suas residências.

A suposta fraude praticada pela Energisa, conforme noticiado pelo Clickpb, tinha o objetivo a aplicação de multas aos consumidores, cujos protestos já ganhou o asfalto, inclusive de várias cidades do interior da Paraíba.

Blog/Clickpb (Foto: Divulgação)