Fechamento de escola gera forte reação de GENIVAL

O deputado estadual Genival Matias, também presidente estadual do Avante, criticou o que considera um “absurdo” e um grande “equívoco”. Vem a ser o anuncia do fechamento da Escola Município Senado Paulo Guerra, em Sumé.

A unidade escolar está instalada no assentamento Mandacaru, na zona rural do município, localizado na região do Cariri paraibano, e adiantou que já se mobiliza para que a unidade não feche às portas deixando crianças desassistidas.

Além da Paula Guerra, foi fechada a Escola do Sítio Carnaúba, também deverá acontecer o mesmo com a unidade do Sítio Pitombeira. Genival, em conjunto com o vereador Juan Pereira, age para evitar o “crime”.

“É uma situação triste presenciar que alguns governantes não têm um olhar especial para a educação. Essa escola do assentamento Mandacaru, em Sumé, tem quase 20 anos e atende a dezenas de famílias da reforma agrária”, enfatizou.

O noticiário chega a causa arrepio, conforme ressaltou o vereador Juan: “Não podemos deixar e aceitar que em pleno século 21, escolas sejam fechadas e o prefeito virando às costas para a educação”.

A mais pura e cristalina verdade.